Rádio Louvação

segunda-feira, 4 de junho de 2012

OURO, PRATA, PEDRAS PRECIOSAS, MADEIRA, FENO E PALHA

O Coríntios 3.10-15: “Segundo a graça de Deus que me foi dada, lancei o fundamento como prudente construtor; e outro edifica sobre ele. Porém cada um veja como edifica. Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que foi posto, o qual é Jesus Cristo. Contudo, se o que alguém edifica sobre o fundamento é ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, manifesta se tornará a obra de cada um; pois o Dia a demonstrará, porque está sendo revelada pelo fogo; e qual seja a obra de cada um o próprio fogo o provará. Se permanecer a obra de alguém que sobre o fundamento edificou, esse receberá galardão; se a obra de alguém se queimar, sofrerá ele dano; mas esse mesmo será salvo, todavia, como que através do fogo.

Que texto interessante!

Não abordarei a questão dos “outros fundamentos”, que podem ser lançados, más sim sobre as edificações feitas sobre o fundamento verdadeiro, que é Cristo.

Paulo pregava o evangelho e, através de seu ensino e pregação, muitos se convertiam e igrejas iam sendo formadas. Ele não ficava pastoreando estas igrejas, preparava e designava pessoas para este fim, e ia em frente. Em uma das cartas que escreveu a igreja em Corinto ele instrui quanto a responsabilidade que tem aqueles que ensinam a Palavra. Aos designados para pastorearem, ensinarem e edificarem a vida da igreja é que esta advertência foi feita.

Paulo afirma: “Eu lancei o fundamento, que é Cristo, na vida da igreja; agora vocês são responsáveis por edificar sobre a vida destas pessoas, porém, cuidem como farão isso, vejam como vocês edificarão! Em outras palavras, estas pessoas tiveram um encontro com Cristo e agora estão sob o ensino de vocês, prestem atenção em como irão ensiná-las.”

Ele fala sobre seis tipos de edificações que podem ser feitas na vida das pessoas; ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno e palha. É interessante que o ouro, a prata e as pedras preciosas não são consumidos pelo fogo, pelo contrário, se tornam cada vez mais puros e preciosos em contato com ele. O mesmo não ocorre com a madeira, o feno e a palha, que ao menor contato, rapidamente são consumidos.

Ele continua: “Se a edificação de vocês for como o ouro, a prata ou as pedras preciosas; forte, firme e segura, ela irá permanecer, e você receberá recompensa por ela da parte do Senhor. Se for como a madeira, o feno ou a palha; frágil e superficial, se queimará, e você terá trabalhado em vão, não receberá, do Senhor recompensa.”

Hoje, de forma bem clara, podemos notar que muitos, ao invés de edificarem ouro, prata e pedras preciosas, tem edificado madeira, feno e palha; ao invés de edificarem algo firme, forte e verdadeiro, tem ensinado uma fé distorcida, equivocada e fora da Palavra de Deus.

No livro de apocalipse Jesus envia mensagens diretamente aos anjos das igrejas, ou seja, aos líderes e responsáveis pelo ensino; eles edificam sobre a vida espiritual de cada membro na igreja e são eles que precisam ter muita responsabilidade ao fazerem isto pois são os responsáveis e terão de prestar contas.

Paulo finaliza dizendo que muitos edificadores, no encontro com o Mestre, ficarão decepcionados ao ver que todo o seu trabalho, por mais árduo e grandioso que tenha sido, não valeu, aos olhos do Mestre, nada.

Deus é fogo consumidor e Ele purifica sua igreja. Tudo que não vem dEle, tudo que é da carne, do homem, cairá.

Aos que ensinam, muita atenção, temor e cuidado.

Oremos ao Senhor em favor de todos os que estão tendo sua fé edificada com material frágil e consumível, em favor de todos os que estão aprendendo um evangelho distorcido. Que a misericórdia do nosso Deus ilumine o entendimento de todos.

Naquele Dia serão manifestas as obras de cada um, as aprovadas e as não aprovadas.

Que nosso trabalho não seja em vão.

Que possamos edificar edifícios firmes para a glória do Senhor.

Ana Cléa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário