Rádio Louvação

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

SE NÃO FOSSE O SENHOR!

O salmo 124 diz: “Se não fora o Senhor, que esteve ao nosso lado, ora, Israel que o diga: Se não fora o Senhor, que esteve ao nosso lado, quando nossos inimigos se levantaram contra nós, eles, então, nos teriam engolido vivos, quando a sua ira se acendeu contra nós; então, as águas teriam transbordado sobre nós, e a corrente teria passado sobre a nossa alma; então, as águas teriam passado sobre a nossa alma. Bendito seja o Senhor, que não nos deu por presa aos seus dentes. A nossa alma escapou, como um pássaro do laço do passarinheiro; o laço quebrou-se, e nós escapamos. O nosso socorro está em o nome do Senhor, que fez o céu e a terra”.

Davi olha para traz, para a história de seu povo e para sua vida, e reconhece que se o Senhor não estivesse ao seu lado durante a caminhada certamente teriam sido destruídos.

Como Davi também possuímos inimigos, também travamos batalhas, não contra outros povos mas contra inimigos invisíveis, forças espirituais do mau que agem neste mundo e que se levantam contra nós e nossas famílias.

Pessoalmente, assim como Davi, também olho para minha caminhada até aqui e reconheço, com gratidão e alegria, que se o Senhor não estivesse ao meu lado certamente a minha história seria bem diferente, certamente estaria derrotada, derrotada espiritualmente, derrotada emocionalmente, derrotada psicologicamente e quem sabe até, derrotada fisicamente.

Durante nossa vida, nossos inimigos se levantam contra nós furiosos, sua ira se acende contra nós para nos engolir vivos más se o Senhor estiver ao nosso lado, se trilharmos o caminho do Senhor, Ele nos livra da fúria dos nossos inimigos e das armadilhas que eles nos preparam, o Senhor nos salva, Ele nos guarda, Ele nos protege e nos faz andar em liberdade.

Somente ao lado do Senhor podemos viver a vida sem sermos presas para os nossos inimigos e sem sermos engolidos pelo mar das dificuldades deste mundo. Somente ao lado do Senhor.

Dinheiro não pode fazer isso por você, poder não pode fazer isso por você, fama ou status não podem fazer isso por você, você próprio não pode fazer isso, somente o Senhor, somente o Senhor a seu, somente ao lado do Senhor.

Ana Cléa

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

PALAVRA AO GRUPO DE LOUVOR


Durante um culto em que participei nesta semana em que estou viajando, o pastor cantou uma música cuja letra dizia assim: “um lindo coral de anjos veio acompanhando nosso Senhor...”. Naquele momento algo falou bem forte ao meu coração. Participo do grupo de louvor na minha igreja e por isso fiquei imaginando o Senhor Jesus entrando naquele lugar para receber o culto do seu povo, acompanhado por um coral de anjos.

Imaginei o nosso grupo de louvor ali cantando ao Senhor e a pergunta que não pode deixar de falar ao meu coração foi: “o que é o nosso grupo de louvor diante do que O acompanha e o louva de dia e de noite?”. A resposta a mim mesma foi: “nada!”

Imaginei o ministério de louvor mais bonito e completo, na minha opinião, diante do Senhor e a resposta continuou a mesma, nada, diante do perfeito coral que ministra a Ele.

Na nossa humanidade muitas vezes achamos que somos bons e nos ensoberbecemos por algumas coisas, mas isso é um engano! O diabo quer nos enganar o tempo todo, nosso ego nos quer enganar más devemos lutar para que isso não aconteça! Quanto mais nossos olhos se abrirem para quem é o nosso Deus e para quem nós somos diante dEle, menos risco corremos de sermos enganados pela vaidade e pelo orgulho.

Todas as vezes que nós, pessoas que servem no grupo de louvor da igreja, nos colocarmos para ministrarmos ao Senhor e a sua igreja lembremos:”Não é a nossa aparência bonita ou a quantidade e valor dos nossos equipamentos que impressionarão ao nosso Deus. Não é a nossa técnica instrumental ou vocal que vão tocar o Seu coração pois tudo isso Ele possui em perfeição e o melhor que possamos fazer não é nada diante do que Ele tem”!

O maior tesouro que o Senhor pode encontrar em nós e o que de valor podemos oferecer a Ele, é um coração cheio de amor, temor e reverência.

Estas palavras não são para desanimar más sim para incentivo. Incentivo no sentido de darmos importância ao que verdadeiramente tem valor diante do nosso Deus. Precisamos sim nos preparar tecnicamente para fazer o melhor para Deus e para a sua igreja, mas sempre conscientes de que nada disso terá nenhum valor se o Senhor não encontrar em nós um coração sedento em demonstrar a Ele gratidão e amor.

Isso vale não apenas para o grupo de louvor más se aplica também a todo o servo de Deus. Davi, consciente desta verdade pergunta a si mesmo no salmo 116.12: “Que darei ao Senhor por todos os seus benefícios para comigo?

Nada podemos dar ou fazer que possa retribuir ou pagar o que o nosso Deus fez, tem feito e ainda fará por nós. Nenhuma das nossas capacidades ou competências humanas podem impressioná-lO.

O que podemos oferecer a Ele então?

Podemos e devemos oferecer ao Senhor, em primeiro lugar e antes de tudo, amor, reverência, gratidão, reconhecimento, submissão a Ele e aos nossos líderes e um coração com as motivações guiadas por sua Palavra.

Se o Senhor olhar para você e encontrar amor, todo o seu serviço terá valor, do contrário, tudo será vão.

Ana Cléa

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010